Kefir

Publicado em por Carolina Simon

Kefir

Entender a microbiota intestinal (bactérias intestinais do bem) é o futuro da nutrição e alvo de muitos estudos recentes e surpreendentes. A microbiota intestinal desregulada pode interferir na produção de hormônios neurotransmissores no intestino (o intestino produz 90% da serotonina utilizada pelo corpo), reduz a produção de vitaminas e participa da secreção de hormônios que regulam o açúcar e a fome.
Para melhorar a microbiota é importante que comecemos a inlcuir probióticos e prebióticos na nossa dieta. Probióticos são alimentos ou suplementos com bactérias benéficas, nesse quesito o campeão de qualidade é o kefir. Os prebióticos (fibras) são o alimento dessas bactérias, como cereais integrais, hortaliças e frutas.
O kefir é um produto de leite fermentado semelhante ao iogurte, mas com uma textura fina. Ele contém uma quantidade semelhante de proteína ao iogurte, mas oferece mais probióticos.
Embora o kefir padrão seja feito com leite de vaca, ele pode ser feito com qualquer tipo de leite ou alternativa ao leite, incluindo bebidas vegetais (leites vegetais). Se você ver "kefir de coco" no rótulo de um produto, por exemplo, isso significa que é feito com leite de coco.
Então, kefir não é o mesmo que iogurte?
Não necessariamente, o que diferencia o kefir é o seu processo de fermentação. Normalmente, o iogurte usa apenas bactérias para fermentação, enquanto o kefir usa bactérias e leveduras. As bactérias e o fermento criam culturas que contêm até três vezes mais probióticos que o iogurte.
Se você é intolerante a lactose, você pode incluir na sua dieta pois produtos lácteos fermentados como o kefir contém quantidade mínima de lactose (as bactérias se alimentam dessa lactose para se reproduzir), mas sempre observe suas reações, cada corpo reage de maneira diferente aos alimentos mas o risco de fazer mal [e baixíssimo!
Como escolher um kefir de qualidade?
Para você ter certeza que esta consumindo um bom produto observe: Proteína (quanto mais, melhor), Açúcar adicionado (embora os produtos lácteos contenham alguns açúcares naturais, evite o máximo possível o açúcar adicionado), Ingredientes artificiais (mais uma vez, evite!), Culturas ativas vivas (procure um produto com pelo menos um bilhão de probióticos por porção). Sempre verifique os ingredientes desse produto que devem conter apenas leite de vaca ou leite vegetal, culturas ou fermento lácteo e em alguns casos alguns fabricantes incluem os tipos de bactéria nos rótulos como: Bifidobacterium, Lactobacillus Acidophilus, Lactobacillus Plantarum, Lactobacillus Casei, Lactobacillus Rhamnosus, por exemplo.
Aqui no consultório em Harley Street disponibilizamos ao paciente exames que analisam sua flora intestinal, além de tecnologia de ponta em avaliação nutricional para ajudar você a lidar com seu peso e saúde.

kefir microbiota intestino dieta emagrecimento probiotico


Voltar